Menu

A Rádio que toca diversidades

The Good Place (Lugar Bom)

18 JUL 2018
18 de Julho de 2018

Comecei a assistir essa série e a primeira coisa que eu pensei foi “que história mais sem sentido”. Mas ao longo da série pude pescar várias mensagens superpositivas para o nosso comportamento do dia a dia em vida.

A série se baseia na seguinte história:

Eleanor Shellstrop acorda e descobre que morreu e entrou na vida após a morte. Mas quando ela é informada por seu mentor Michael que ela está no "lugar bom" por causa de suas boas ações, ajudando a levar as pessoas inocentes fora do corredor da morte, ela percebe que um erro foi cometido, pois as pessoas pensam que ela é outra pessoa com o mesmo nome.

Presa em um mundo onde ninguém amaldiçoa ou fica bêbado e todo mundo é sempre bom, Eleanor encontra-se no dilema entre merecer ficar nesse lugar ou ir para o "lugar ruim". Como sua entrada no "lugar bom" causou muitas alterações desde a sua chegada, agora, Eleanor deve esconder seu passado comportamental mortal não tão perfeito de todos, caso contrário eles vão mandá-la para o "lugar ruim". Ela logo descobre que não é o único "erro" que foi enviado a esta vida após a morte, o que indica que talvez haja outros como ela se escondendo dentro do local.

 

A série hoje conta com 2 temporadas e foi lançada na Netflix em 2016. Novembro de 2017 confirmaram o lançamento de uma terceira temporada que ainda estou aguardando.

Mas voltando as mensagens escondidas na série, uma que me chamou muito atenção foi em um momento que Eleanor percebe que você só faz algo bom de verdade, algo que tenha significado, quando você faz sem esperar receber algo em troca.

Fica a dica então não só de uma mensagem para vida que todos deveríamos aprender desde pequenos, mas também a dica de uma série engraçada e cheia de desfechos que não tem como prever ao decorrer.

 

Laura Machado

Voltar

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.